Arquivo do blog

Marcadores

Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Atenção:

Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais: III - a citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra; as imagens deste blog são retiradas da internet, se quiser credito pela autoria ou quiser que remova, é só entrar em contato conosco.

Importante:

As informações e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Seja + Um

Pesquisa

Arquivo

Seguir po Email

Tradutor

Calcule seu IMC

Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura: m cm

03 janeiro 2017

Tratamento para sífilis

O tratamento contra a sífilis geralmente é feito com injeções de Penicilina que podem ser indicadas pelo ginecologista, obstetra ou infectologista.

Quando a ferida que não sangra e não dói ainda encontra-se presente basta tomar 1 dose de penicilina para curar a sífilis, mas quando se trata de sífilis secundária ou terciária são necessárias mais doses. As injeções são aplicadas no bumbum 1 vez por semana, conforme a orientação médica, mas quando se tratar de sífilis terciária ou neurosífilis é necessário o internamento hospitalar, porque é uma doença mais avançada e que tem outras complicações envolvidas.

Em caso de alergia a penicilina deve-se optar pela dessensibilização à penicilina porque não existem outros antibióticos capazes de eliminar o treponema palladium. No entanto, em alguns casos o médico pode receitar doxiciclina, tetraciclina ou ceftriaxone.
Assim, o tratamento para sífilis pode ser feito com:

Fase da doença
Tratamento
Exame para confirmar a cura
Sífilis primária
Dose única de Benzetacil
VDRL em 3, 6 e 12 meses
Sífilis secundária
1 injeção de Benzetacil por semana, durante 2 semanas
VDRL em 3, 6, 12 e 24 meses
Sífilis terciária
1 injeção de Benzetacil por semana, durante 3 semanas
VDRL em 3, 6, 12, 24, 36, 48 e 72 meses
Neurosífilis
Penicilina cristalina por 14 dias
VDRL em 3, 6, 12, 24, 36, 48 e 72 meses
Na gravidez
Amoxicilina, Ampicilina ou Eritromicina por 15 a 30 dias
VDRL todos os meses e gestação e cada 3 meses até comprovar a cura
Sífilis congênita
Penicilina 2x ao dia, durante 7 dias
 VDRL com 1, 3, 6, 12 e 18 meses

Após a toma da penicilina é comum o surgimento de uma reação que causa febre, dor muscular, dor de cabeça, batimento cardíaco acelerado, respiração baixa e queda da pressão. Estes sintomas podem permanecer por 12 a 24 horas e só devem ser tratados com Paracetamol.

Tratamento para sífilis na gravidez

O tratamento para sífilis na gestante apenas deve ser feito com antibióticos derivados da Penicilina, como Amoxicilina ou Ampicilina, uma vez que os outros antibióticos podem provocar malformações no feto.

Caso a gestante seja alérgica à Penicilina o médico poderá recomendar fazer o tratamento após a gravidez, se a doença estiver latente ou usar a Eritromicina em forma de comprimidos durante 15 a 30 dias, dependendo da semana de gestação. 

Tratamento para sífilis congênita

O tratamento para sífilis congênita deve ser orientada pelo pediatra e, normalmente, é iniciada logo após o nascimento com Penicilina diretamente na veia a cada 12 horas nos primeiros 7 dias de vida.

Com o início do tratamento para sífilis congênita, é normal que alguns recém-nascidos desenvolvam sintomas como febre, respiração rápida ou aumento da frequência cardíaca, que podem ser controlados com outros remédios como Paracetamol.

Cuidados em qualquer fase da doença

Durante o tratamento, ou logo após o diagnóstico da sífilis, o paciente deve ter alguns cuidados como:
  • Informar sua parceira ou parceiro para fazer o teste da doença e iniciar o tratamento, caso seja necessário;
  • Evitar o contato íntimo durante o tratamento, mesmo com camisinha;
  • Fazer o teste de HIV, pois existe grande risco de estar infectado.
Mesmo após o tratamento, o paciente pode voltar a pegar sífilis e, por isso, é importante continuar usando camisinha durante todo contato íntimo para evitar ser novamente contaminado com a sífilis ou outras doenças sexualmente transmissíveis.

Sinais de melhora da sífilis

Os sinais de melhora da sífilis surgem cerca de 3 a 4 dias após o início do tratamento e podem incluir aumento do bem-estar, redução das ínguas e cicatrização das feridas, por exemplo.

Sinais de piora da sífilis

Os sinais de piora da sífilis são mais comuns em pacientes que não fazem o tratamento da forma indicada pelo médico e incluem febre acima de 38ºC, dores articulares e musculares, diminuição da força muscular e paralisia progressiva.

Complicações da sífilis

As complicações da sífilis surgem principalmente em pacientes com sistema imune enfraquecido com HIV ou que não fazem o tratamento adequado, incluindo surgimento de meningite, hepatite, deformidade das articulações e paralisia.



←  Anterior Proxima  → Inicio

Junte-se aos Amigos

Leve-me!!

Saúde Um Desafio - Sua saúde, seu bem estar!

Calcule o seu IMC

Calculadora de IMC HTML
Peso (em Kg)

Altura (em Cm)




IMC

Avaliacao do IMC


Calculadora IMC

Curta-nos no Facebook

Adicione-me no Google+

Siga-me!!

Postagens populares

Marcadores

 
▲Topo