Arquivo do blog

Marcadores

Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Atenção:

Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais: III - a citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra; as imagens deste blog são retiradas da internet, se quiser credito pela autoria ou quiser que remova, é só entrar em contato conosco.

Importante:

As informações e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Seja + Um

Pesquisa

Arquivo

Seguir po Email

Tradutor

Calcule seu IMC

Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura: m cm

09 setembro 2016

Trigo moderno: Uma antiga referência alimentar transformada num moderno pesadelo

Atualmente, o trigo é um alimento altamente controverso. Por um lado temos pessoas a dizer que o trigo é prejudicial e médicos a afirmarem que é um veneno.

Por outro, temos nutricionistas e as próprias autoridades governamentais dizendo que o trigo integral é essencial para uma dieta equilibrada.

Uma verdade indesmentível é que os humanos têm vindo a consumir trigo, de uma forma ou outra, há milhares e milhares de anos. É um alimento antigo e a maior parte das doenças relacionadas são recentes. Portanto não faz sentido culpar o velho trigo pelos novos problemas. No entanto é importante realizar que o trigo moderno não é o mesmo de há mil, cem ou mesmo 60 anos.

Em que medida mudou o trigo?

Atualmente o trigo é muito diferente do antigamente.

Para começar, o trigo é processado de forma diferente. Novas técnicas a partir do final do séc. XIX tornaram possível produzir quantidades massivas de trigo refinado a baixo custo. Conseguimos separar os componentes nutricionais do grão (farelo e semente) do endosperma, onde estão contidos os carbonos de amido. Isto leva a uma óbvia redução da densidade nutricional e conferiu ao trigo refinado a capacidade de aumentar os níveis de açúcar no sangue muito rapidamente.

Por outro lado, antigamente preparávamos os grãos de forma diferente. Os grãos eram molhados, germinados e fermentados e o pão era cozido usando leveduras lentas. Germinar e fermentar os grãos eram bons: aumentava os amino ácidos lisina, baixava os anti nutrientes, desativava os inibidores de enzimas e tornava os nutrientes mais acessíveis. Atualmente a farinha é branqueada e o pão é cozido com leveduras rápidas. Nada parecido com o antigamente.

Baseado apenas nestes fatores fica claro que o pão e as massas que hoje ingerimos são bem diferentes do trigo preparado tradicionalmente e que era consumido ao longo de milhares de anos.

O trigo moderno é genética e biologicamente diferente
As plantas de trigo não são as mesmas. Há muitas variedades de trigo, tal como há de maçãs ou de morangos. Antigamente consumiam-se as variedades Emmer ou Kamut, No entanto as variedades atuais são na sua maioria de trigo anão de alto rendimento, desenvolvidas a partir de cruzamentos e manipulações genéticas por volta dos anos 60. O trigo anão tem caules mais baixos e maior rendimento, sendo, portanto muito mais barato e de maior rentabilidade econômica.

Os benefícios econômicos do trigo de alto rendimento são óbvios, no entanto estamos agora a descobrir alguns inconvenientes, em especial diferenças nos nutrientes e na composição de proteínas.

O trigo moderno é menos nutritivo
Estudos científicos, realizados ao longo do tempo, revelaram que ha concentrações no trigo de: zinco cobre, ferro e magnésio baixaram entre 19 a 28% entre 1968 e 2005, não existindo evidência de alterações nos solos. Outros estudos revelam ainda uma enorme significativa também de selenium.

Considerando o consumo massivo de trigo, é fácil perceber a contribuição destas mudanças para o déficit nutricional.

O trigo moderno afeta muito mais os doentes celíacos
A doença celíaca é uma das formas mais severas de intolerância ao glúten. Quando estas pessoas ingerem trigo, o sistema imunitário assume erradamente que as proteínas de glúten são invasores hostis e ataca-as. No entanto o sistema imunológico ataca não só as proteínas de glúten como também o revestimento dos intestinos, causando degeneração nos tecidos, intestino solto, inflamações e outras disfunções. A doença celíaca é um caso sério que tem vindo a crescer ao longo das décadas, atingindo já 1% da população mundial.

Estudos têm demonstrado que o trigo moderno tem uma capacidade única de provocar reações anti imunes nos intestinos e que constitui uma das principais causas do acréscimo do número de pessoas com sensibilidade ao glúten e de doentes celíacos.

Estudos revelam que o trigo moderno afeta também pessoas saudáveis
Quase toda a gente concorda que o trigo pode ser um problema. Para doentes celíacos. Existe também a consciência e aceitação que o trigo afeta pessoas meramente sensíveis ao glúten.

Mas uma coisa que a maior parte dos cépticos recusa a aceitar é a possibilidade do trigo afetar também as outras pessoas, isto é as pessoas que não sofrem nem da doença celíaca, nem são sensíveis ao glúten.

Bom, o que os estudos revelam é que comparando grupos de pessoas que consomem a variedade kamut com as que consomem trigo moderno, as do 1º grupo têm menos colesterol, e maiores concentrações no sangue de potássio e de magnésio. Também os marcadores inflamatórios são muito mais favoráveis nas pessoas que consomem as variedades de trigo antigas.

Existe pão de trigo saudável?
Se conseguir ter acesso a pão feito com trigo integral de uma variedade antiga, pode consumi-lo. Outra forma é fazer o pão em casa, desde que encontre quem lhe venda trigo integral antigo, esteja disposto a moê-lo, fermentá-lo, amassar e a cozer o pão.

Outra forma mais simples e segura é esquecer o trigo por completo. Não há nenhum nutriente no trigo que não consiga encontrar numa quantidade enorme de outros alimentos.

O trigo moderno deve ser evitado
Apesar do trigo ter sido saudável no passado, o trigo que as pessoas hoje comem é completamente diferente. O mesmo acontece com outros alimentos modernos… quando os cientistas tentam abusar do que a natureza nos concedeu, começam aí os problemas.

No caso do trigo, esta antiga referência alimentar transformou-se num moderno pesadelo alimentar. Se preza a sua saúde e não tem acesso a variedades antigas, faça um favor a si próprio e evite o trigo como se fosse veneno.



←  Anterior Proxima  → Inicio

Junte-se aos Amigos

Leve-me!!

Saúde Um Desafio - Sua saúde, seu bem estar!

Calcule o seu IMC

Calculadora de IMC HTML
Peso (em Kg)

Altura (em Cm)




IMC

Avaliacao do IMC


Calculadora IMC

Curta-nos no Facebook

Adicione-me no Google+

Siga-me!!

Postagens populares

Marcadores

 
▲Topo